Sou a impavidez de quem nasce sem chorar. Diante do beliscão, silenciar. Na primeira transa, abrandar. No andar de bicicleta sem rodinhas para ajudar, todo o desvanecer. Sou aquele vermelho da bandeira do Socialismo. Na necessidade de lutar, nunca estugar e bem de fronte ao inimigo, ao meu valor não renunciar. Trago as mãos limpas para conceber minhas ideias, o coração cheio para benquerer e um tanto de tempo para apagar o que estiver errado, para que depois eu torne a reescrever. Sou quem não se importa em nada ter. Panelas vazias, alma cantando, já é mais um verso que eu vou perpetrar para as estrelas. Seria eu agora, nada mais que uma estrela em pleno deslustre?


Igor Casares, Rascunho de Vanguarde.

11
Reblog

E quanto mais você se importa, mais você tem a perder.


Harry Potter.

Até as pessoas que mais amamos nos desiludem


62
Reblog

Um dia a gente vai rir de tudo isso, talvez, até hoje.


Pedro Bial.

O meu coração continua batendo, mas eu não estou viva


77
Reblog

Estou passando por um momento muito difícil. Quer dizer, nem sei o que estou passando. Entende? É confuso, é estranho, é insano.


O Vento do Oeste.

… Amigos. Ao passar do tempo fui me dando conta que eram anjos disfarçados de idiotas.


Elisandra Cartaxo.

Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado. Por isso é tão importante o auto conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre.


Pedro Bial.

Fica a dica, a vida não é justa.


– Defeiitos.

Desculpa se eu ficar sem assunto, é que eu tenho medo de falar besteira.


Dan.

Fiz quase tudo certo. Errei quando coloquei sentimento.


Clarice Lispector.

Vi pessoas que eu amo partindo. E doeu. Não no corpo, mas na alma.


Isabella Martins.

O que torna belo o deserto é que ele esconde um poço em algum lugar.


O Pequeno Príncipe.

Eu não sou seu amor. Nem nunca vou ser. Larga meu braço.


Gabito Nunes.

A única forma de chegar ao impossível é acreditando.


Alice no país das maravilhas.